You are here
Comportamento 

Aplicativos para ajudar você a curtir o Carnaval, sugar baby

O país já está tomado por um festival de glitter, confete e serpentina! E, como em toda boa festa, estão previstos alguns perrengues, como a dificuldade para encontrar os amigos no bloquinho ou voltar para casa. Para ajudar você a driblar as dificuldades, Anderson Mancini, especialista em estratégias digitais, selecionou cinco aplicativos que ajudarão muito na hora de aproveitar o Carnaval, sugar baby. Todos ao apps citados estão disponíveis para download no Google Play (Android) e na App Store (iOS): 1) Meetup: eventos perto de você Se você faz parte daquele grupo…

Read More
Comportamento 

Depilar ou não, sugar baby? Eis a questão!

Quando o assunto é depilação da região íntima, surgem alguns tabus e polêmicas e aí fica a dúvida: remover os pelos ou não? Qual a sua preferência, sugar baby? Questões culturais e a significativa mudança de comportamento de grande parte da população feminina buscando cada vez mais a liberdade de expressão em suas diversas formas. Esses são alguns dos pontos que alimentam esse impasse em torno dos pelos: deixá-los ou retirá-los? Para Regina Jordão, especialista em depilação o que manda é o gosto da mulher. “Virilha comum, cavada ou totalmente…

Read More
Comportamento 

O sorriso pode definir a sua personalidade, sugar baby

Sorrir é bom, quase uma terapia, não é mesmo, sugar baby? Dar boas risadas faz bem para a saúde. Ao sorrir, o nosso organismo libera endorfina e trabalha mais de 70 músculos da face. Muitos afirmam que o sorriso é um santo remédio para o corpo e para a alma, mas agora uma nova teoria vai além e aponta que cada tipo de sorriso carrega consigo propriedades únicas. O filósofo e psicanalista, Fabiano de Abreu, enxerga o sorriso de uma forma holística e traz teorias embasadas em seus estudos do comportamento…

Read More
Comportamento 

Ghosting, mooning e orbiting: você já ouviu falar nesses termos?

Sugar baby, você já deve ter ouvido falar em algumas tendências de comportamento, nada delicadas, na hora de terminar um envolvimento amoroso. Elas sempre existiram, mas agora ganharam nome e popularidade. O “Ghosting” é uma delas. Veja se parece familiar: você conhece alguém, troca mensagens, telefone, comparece a alguns encontros, começa um relacionamento e, de repente, do nada, a pessoa some, sem a menor justificativa. O termo deriva de “ghost” (fantasma, em inglês) e “ghosting” significa “tomar um perdido”. Encerrar um relacionamento, evitando qualquer tipo de comunicação não é novidade,…

Read More